quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

A Queda de Madonna - Que velha Safada!

Madonna levou um baita tombo no Brit Awards e obviamente virou motivo de piadas e memes nas redes sociais. Mais uma vez muito relacionaram o acidente à idade da cantora. Claro que não tem nada a ver. O fato me lembrou um texto que escrevi para o blog Pipoca na Vitrola há pouco mais de 1 ano. Dei uma revisada e reproduzi aqui pra vocês.

"Certa vez estava lendo sobre música e me deparei com um artigo que tratava sobre o machismo da música pop. Nunca tinha parado para pensar sobre as cantoras que tanto gosto sob aquela ótica. O texto falava basicamente de que quando uma artista passa de certa idade ela perde relevância nas paradas de sucesso, principalmente nos Estados Unidos (palco principal da cena pop)…parei e fui analisar a inferência, me deparei com uma triste realidade. É a mais pura verdade.
Então você vai dizer: Ai, Bruno! Madonna está aí para provar que sua teoria é furada. Sério, meu caro? Analise comigo: O último #1 da rainha do Pop foi com Music, em 2000, detalhe o single ficou apenas uma semana nessa posição. Depois disso, o single mais relevante de Mad foi ‘4 minutes’, parceria com Justin Timberlake de 2008, que chegou à 3ª posição. Ainda falando em números o lead single do penúltimo CD da diva, “Gimme All Your Luvin’” amargou uma triste 10º posição. Lembrando que a música foi apresentada no intervalo do superbowl, maior audiência televisiva do país em questão. Os demais singles dos últimos álbuns tiveram um desempenho tão medíocre que os números não valem a pena serem falados. Atualmente a primeira música de trabalho do novo álbum da Madge, "Living for love" ainda não fez cócegas no Hot 100. 
Não estou dizendo que a Madonna perdeu sua majestade, afinal suas turnês super produzidas estão aí afirmando a coroa da realeza. Mas observando o público dos shows, notamos que ele basicamente é composto pela fiel fanbase da diva, que, independente do sucesso comercial dos seus singles, estará lá marcando presença. A querida vem tendo dificuldades em angariar novos fãs e isso podemos notar pelos números já citados.
janet-jackson-super-bowl-wardrobe-malfunction1Outro exemplo nefasto da minha “teoria” é Janet Jackson. A caçula da família Jackson sofreu um ostracismo violento depois de mostrar um mero peitinho em sua famigerada performance no supebowl em 2004. A cantora teve que vir a público pedir desculpas e fingir que foi tudo um acidente. Não teve jeito, a partir dali Janet viu seus singles encalharem nos charts sob uma chuva de críticas, das mais escabrosas possíveis. Lembrando que na época, a artista estava com seus 38 aninhos.
Então você pensa, “mas é absurdo, uma velha mostrando o peito na TV”, pois é, querido, anos depois Miley Cyrus aparece nua no seu clipe, simula sexo num twerk escroto na televisão e é ovacionada pelo público. Qual a diferença? Uma tinha 38 e a outra estava na casa dos 20.
Rapidamente temos os exemplos das Ex-spice girls Mel B e Geri Halliwell. A primeira retomou a carreira solo sem ter ao menos uma gravadora e conseguiu com muito esforço aparecer no 2º lugar no chart Dance Club Play (que conta as músicas que tocam em boates americanas). Já a segunda ainda conseguiu um contrato com a Sony australiana (!), lançou um single com distribuição local e só conseguiu chegar na posição 281 daquele país. Lembremos que as duas foram parte do grupo feminino de maior sucesso do mundo, mas ambas passam dos 35. Conheça as músicas de Mel B e Geri.
O que estou tentando mostrar é que se você for novinha, não há problema em ficar nua, cantar qualquer porcaria e dançar. O problema é quando uma mulher madura faz o mesmo. Para a sociedade, ela tem que se cobrir inteira e virar uma Barbra Streisand, cantando só músicas lentas e com vestidos glamorosos e desprovidos de sensualidade.
O público não quer aceitar a sensualidade madura das cantoras pop. Para o mundo (pelo menos boa parte dele) depois dos 35 a diva está “velha” e tem que tomar o seu calcitran B-12 em casa.
Em contrapartida observemos o caso de Jay-Z, ele tem mais de 40 e ainda continua relevante nos Charts, rimando sobre toda sorte de putaria. Ninguém se importa com a idade dele…porque ele é homem!
Então, meu caro leitor. A partir de agora repense se você não está contribuindo para esse machismo latente. Pense duas vezes antes de chamar Madonna de velha safada e Cher de dinossauro. Elas estão apenas lutando pelo direito de fazer música boa, ser sensual, glamorosa e competir com qualquer outra com metade da sua idade e muitas vezes sem um terço do seu talento."
madona
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...