terça-feira, 26 de agosto de 2014

J.Lo troca Pitbull por Iggy Azalea em nova versão de 'Booty'. Ouça

Jennifer Lopez divulgou o áudio oficial do remix de Booty, faixa do seu último álbum A.K.A. Na canção original o rap era feito por Pitbull, que foi substituído pela mais nova queridinha da América, Iggy Azalea.

Ponto para J.Lo! A música é uma das poucas pra não dizer a única  com potencial real de Hit. A parceria já tradicional com sua dupla sertaneja Pitbull já apresentava desgaste e com certeza não renderia tanto. A entrada da Iggy na faixa dá um novo fôlego à divulgação do single, uma vez que a rapper está em um ótimo momento da carreira.

A música em sí já é boa, apesar de letra meio boba mas tem o refrão pegajoso e pegada up-tempo perfeita para as tradicionais coreografias da veterana.

A Capa do single não poderia dar ênfase a outro lugar que não as bundas das artistas. 

Ouça a nova versão de Booty e deixe sua opinião!


Oh-my-God-Look-her-butt

Curte a gente no Facebook

Segue no Twitter

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Nicki Minaj mostra por que a Anaconda don't

"O que é isso? Parece uma pornô"
Corram pras colinas! Nicki Minaj lançou o segundo clipe do álbum 'The Pink Print' que está por vir. A música escolhida para substituir Pills and Potions foi a famigerada "Anaconda".

Pelo Nome já dá pra saber que coisa boa não vem por aí, né? Ok, Nicki a gente sabe que você não é a rainha da classe e canta coisas sobre bundas e paus mas essa daí foi muito punk.

O vídeo é de muito mau gosto, com referências das mais escrotas ao gozo, falos e obviamente, bundas. Bundas, bundas, bundas em todo o lugar, da maneira menos sutil que você possa imaginar. Fio dental, shorts um pouco mais curtos do que a 'finada' Carla Perez na época do Tchan, chantily caindo pelo corpo, bananas na boca... Jesus jogue álcool em gel nos meus olhos.

Por mais que eu queira levar pro lado divertido, o clipe é explícito demais e tira até a atenção da música, que apesar da letra não é de todo mal. 

Por falar na música, além das rimas agressivas, ela tem uma referência legal ao toque de I Like Big Butts do Sir Mix-A-Lot. Nada mais apropriado, diga-se de passagem.

Depois disso tudo, deixo vocês com essa obra prima do Rap, 'Anaconda':


Ah! Se alguém descobrir o que do Drake está fazendo no vídeo, me conta.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Michelle Williams lança clipe em parceria com Beyoncé e Kelly Rowland

Michelle Williams lançou seu mais novo clipe, uma parceria com suas ex-colegas de banda Beyoncé e Kelly Rowland! A igreja glorifica de pé, irmões! A música em questão é "When Jesus Says Yes", e sim, obviamente é uma música gospel. Mas não espere nada no estilo Aline Barros de ser. A canção tem influências da música africana com toques eletrônicos que causa estranhamento em uma primeira audição, mas termina conquistando o público.

Talvez eu esteja tendencioso a gostar já que, querendo ou não, é uma reunião das Destiny's Child! O clipe é bem legal e mostra várias pessoas na vibe da música, dançando loucamente numa coreografia com referências diretas à Africa. No Brasil os mais fervorosos irão associar ao candomblé e começar o mimimi eterno que dá sono em qualquer cristão. No final das contas é um lançamento legal mas nada super, até porque a Michele tem um público de nicho bem específico, mas como dito anteriormente é uma REUNIÃO DAS DC caraio! Então já vale o play. 



 Ah! Por favor, me digam que foi vingança da Michelle colocar Beyoncé com essa roupa/cabelo. E kelly de volta ao visual curtinho... Só Jesus tem pena. Mas quando ele diz 'Sim', ninguém pode dizer 'não', Amem? original

Robin Thicke apela e lança música pedindo para a esposa voltar.

Robin Thicke parece que se arrependeu de aprontar horrores com sua mulher, Paula e dedicou seu novo trabalho para ela. O novo álbum do cantor foi intitulado com o nome da ex (!) e segundo o próprio todas as músicas foram escritas inspiradas na separação. O primeiro single do CD é "Get her back", ou seja, mais um apelo para Paulinha voltar. No vídeo, o cantor tira a camisa e mostra menagens trocadas entre ele e a ex, permeados por imagens de uma mulher indo embora e Robin sofrendo todo ferrado, como se tivesse apanhado...zzz... foi mal, dormi aqui. A música é muito água com açúcar, totalmente diferente do hit "Blurred lines". A melodia é bem suave e a letra melosa, bonitinha, mas ordinária. Se Robin não fosse tão cafajeste a gente até que ajudava subindo a tag #VoltaPaula, mas melhor não. Dá uma olhada no video:

Nicole (Pussycat doll) Scherzinger lança clipe. Vem ver “Your Love”

Nicole Scherzinger está de volta!
QE vem com aquele clipe gostosinho para seu single "Your love". Basicamente é ela sendo gostosa na praia... Então, é legal mas não é a melhor coisa do mundo. Talvez Nic quis economizar no vídeo para evitar o prejuízo no caso de um
muitopossível FLOP.

Talvez seja a falta de suas companheiras ou pouco investimento da gravadora, mas o fato é que até agora a cantora não conseguiu emplacar aquele hit que vai ser lembrado pra sempre. Provavelmente "Your Love" vai entrar para o ról dos singles abandonados depois de uma fraca divulgação. Digo isso porque a música, apesar de chiclete, não tem cara de #1. Espero estar errado, porque Nicole é uma artista muito boa apesar de tudo.

Chega de blá, blá, blá e vamos asssistir (ou não) Your Love:


Depois de inúmeros singles desde 2012 finalmente Mariah Carey resolveu lançar um novo álbum. Gravado e regravado até a exaustão o material de Mimi termina sendo mais do mesmo.
Inicialmente intitulado "The Art of Letting Go", O novo trabalho terminou batizado "Me. I Am Mariah... The Elusive Chanteuse", algo do tipo "Eu. Eu Sou Mariah...A cantora imprecisa (?)".
O álbum conta com novas gravações e músicas remanescentes do último álbum da cantora engavetado pela gravadora, o "Angels Advocate", que seria apenas de duetos.
Ok, Vamos ao que interessa: A música. É a velha Mariah que todo mundo conhece, com sua extensão vocal impressionante, baladas melosas e canções no melhor estilo R'n'B. Ruim? Não, de jeito algum. O preciosismo da americana não deixaria isso acontecer, porém poderia ser melhor.
mariah-careyTalvez 'Me. I Am Mariah..." precise de um hit mais comercial, apesar de contar com faixas que podem ser bem exploradas como single, tipo a faixa Thristy, cheia de rappers e bem "guetto"; promessa de sucesso, pelo menos nas paradas urban. Em entrevista, a cantora chegou a afirmar que o CD atrasou porque ao ouvir o resultado final ela ainda não ouviu nenhum sucesso em potencial. Pelo que a gente pôde escutar, nós também não. Para Mariah, isso é um problema enorme, já que ela é a artista com mais #1 na Billboard e ha tempos não emplaca um sucesso.
A capricho é tanto, que a loira ainda não disponibilizou as letras, mesmo com o álbum quase todo disponível para audição streaming. Segundo ela mesma, respondendo uma pergunta no twitter, partes da música ainda podem ser adicionadas até o lançamento oficial.
Do jeito que andam as coisas, até a set list pode ser alterada. Pelo que se conhece da Mariah é, tudo é possível.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...