quinta-feira, 27 de maio de 2010

Top 10 - Billboard

Essa semana Usher se segurou na primeira posição e continua bombando lá pelos EUA contrariando essa história de que os artistas mais velhos não fazem mais sucesso, e a galera de Glee tem se mostrado um grande fenômeno de vendagem estreando o volume 3 da sua trilha sonora em primeiro lugar (atentem, em uma única temporada foram lançados 3 álbuns e um EP da trilha e todos vendendo muito bem).

fenômenos a parte confere o topo das paradas da Billboard

Hot 100 Singles

  1. OMG - Usher feat. Will.I.Am
  2. Airplanes - B.o.B. feat. Hayley Williams
  3. California Gurls - Katy Perry feat. Snoopy Dogg
  4. Break Your Heart - Taio Cruz feat. Ludacris
  5. Nothin' On You - B.o.B. feat. Bruno Mars
  6. Alejandro - Lady Gaga
  7. Your love Is My Drug - Ke$ha
  8. Can't Be Tamed - Miley Cyrus
  9. Not Afraid - Eminem
  10. Rude Boy - Rihanna

Top 200 álbuns

  1. Glee: The Music, Volume 3 - Soundtrack
  2. Exile On Main St. - The Rolling Stones
  3. Brothers - The Black Keys
  4. My World 2.0 - Justin Bieber
  5. Distant Relatives - Nas & Damian Marley
  6. Need You Now - Lady Antebellum
  7. Infinite Arms - Band Of Horses
  8. Raymond V Raymond - Usher
  9. Iron Man 2 (Sondtrack) - AC/DC
  10. This Is Happening - LCD Soundsystem

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Christina Aguilera Bionicamente sexual em novo álbum

O tão esperado álbum "Bionic" de Christina Aguilera já está disponível na internet pra donwload, tem lançamento mundial previsto pra 8 de junho . Como o próprio nome faz referencia o trabalho é repleto de elementos eletrônicos mas tem influencias de R&B/hip-hop muito sutis na faixa de abertura que intitula o álbum "Bionic" e na recem vazada "Woo Hoo" que conta com a participação rapper Nikky Minaj e pontualmente em algumas músicas ao longo do álbum, porém as músicas não deixam de ter seu lado eletrônico bem forte, principalmente nos elementos da produção resultando num álbum eletrônico e urbano.

Como a própria Christina tinha anunciado há tempos, "Keeps Getting Better" seria uma amostra do que viria por aí, ainda bem que o álbum superou e muito a qualidade da música citada. Como já foi dito a música eletrônica dita o perfil do CD; conta com batidas computadorizadas, alterações nos vocais, samples e tantas outras características típicas da música futurista.

Falando em voz, esta é um objeto importante num trabalho de Aguilera, já que esta é conhecida pela potência e qualidade vocais. Em Bionic a cantora resolveu experimentar outros tons, mais graves, mais suaves, as vezes falados como na faixa "Elastic Love", que revela uma maior versatilidade de Christina.

A sensualidade também está muito presente neste álbum que fala abertamente de sexo remetendo ao álbum Stripped que também tinha uma conotação sexual bem acentuada. Destaque no sentido sexo para a faixa "Desnudate" que ainda tem umas partes faladas em espanhol pra lembrar a ascendência latina da cantora, não é exatamente bom, mas é interessante.

O CD tem sua parte mais intimista também que começa com a intro "Morning Dessert" e vai até "You Lost Me", uma seqüência de músicas mais lentas que tratam de temas diferentes, como maternidade, amor e, obviamente, sexo. É nessa parte que podemos perceber ainda mais a qualidade da voz de Christina que parece estar sabendo dosar mais seus agudos e seus gritos que costumam roubar a cena e deixar tudo muito exagerado. "All I need" mostra bem essa evolução, linda canção com vocais bem suaves, na mesma linha vai a faixa "I Am". "Lift me Up" que tinha sido mostrada no show beneficente para o Haiti na sua versão acústica aqui ganha elementos mais crus como bateria e guitarra, sem muita produção, pra contrastar com o resto do CD.

Outra participação é da Canadense Peaches na faixa "My girls", a cantora é conhecida por suas faixas de conotação sexual e músicas eletrônicas, ou seja, tudo a ver com Bionic.

O álbum soa estranho na primeira ouvida, mas os experimentos de Christina com a voz juntamente com a modinha da música eletrônica resultou num trabalho muito bom, ousado mas nem tanto, pois todo mundo está fazendo a mesma coisa (como eu tenho dito aqui em quase todos os posts). Talvez o público estranhe a mudança tão drástica, de "diva dos anos 50" com influencias retrô pra uma coisa mais futurista, mas essa é Christina, passa um tempo fora e volta repaginada com novas referências sem deixar suas referências do soul, jazz, R&B de fora, que sempre aparecem em seu modo de interpretar e também em seu som.

Bionic vai ser lançado em duas versões, a standard e a deluxe que vai contar com mais 5 faixas.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Nicole se aventura novamente sem as PCD

A cantora líder do grupo Pussycat Dolls, Nicole Scherzinger, resolveu se aventurar em carreira solo de novo. A sua primeira tentativa foi completamente frustrada, depois de lançar dois singles e não emplacar, teve o lançamento do álbum "Her name is Nicole" cancelado pela gravadora e algumas músicas foram reaproveitadas no trabalho seguinte do seu grupo de origem "Doll Domination".

Amanha é o lançamento oficial da música "Nobody Change Me" e hoje foi executada pela primeira vez na rádio Kiss FM nos EUA. O single tem influência levemente country envolvido numa vibe pop chiclete. Não é nenhuma obra prima, mas tem um apelo comercial bem forte, apesar da música eletrônica vir dominando tudo ultimamente. A voz continua as mesma porcaria de sempre, a música tem uns tons bem altos no refrão que muito provavelmente não vão ser alcançados ao vivo, mas quem se importa né? Ninguem canta mais mesmo.

Vamos aguardar pra ver se Nic dessa vez desencanta e sai do Flop. A música já pode ser encontrada pra download na internet, não vou postar link pra evitar problemas com direitos autorais tá? mas da pra ouvir a música aqui.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Top 10 - Billboard

O sobe e desce continua na parada semanal da Billboard. Essa semana Usher retoma o seu #1 no hot 100, Kate Perry estreia direto no segundo lugar e Justin Bieber de um salto enorme direto pra primeira posição na parada de álbuns, se recuperando do quinto lugar da semana passada.

Dá uma olhada no top 10!

Hot 100 singles

  1. OMG - Usher feat. Will.I.Am
  2. California Gurls - Kate Perry feat. Snoop Dogg
  3. Airplanes - B.o.B. feat. Hayley Williams
  4. Nothin' On You - B.o.B. feat. Bruno Mars
  5. Break Your Heart- Taio Cruz feat. Ludacris
  6. Not Afraid - Eminem
  7. Your Love Is My Drug - Ke$ha
  8. Alejandro - Lady Gaga
  9. Rude Boy - Rihanna
  10. Hey, Soul Sister - Train

Top 200 Álbuns

  1. My World 2.0 - Justin Bieber
  2. Need You Now - Lady Antebellum
  3. High Violet - The National
  4. Iron Man 2 Soundtrack - AC/DC
  5. Sea of Cowards - The Dead Weather
  6. Live At The Troubadour - Carole King & James Taylor
  7. Raymond V Raymond - Usher
  8. Charice - Charice
  9. The Oracle - Goldsmack
  10. Powerless Rise - As I Lay Dying

quarta-feira, 19 de maio de 2010

A Queridinha da Inglaterra: Cheryl Cole

Já ouviram falar em Cheryl Cole? Se não, anda meio por fora da música por que ela está bombando lá pela inglaterra e reino unido. Integrante da Girlband inglesa Girls Aloud a cantora resolveu se lançar em carreira solo e contou com o apadrinhamento de Will.I.Am do Black Eyed Peas na produção do seu CD solo "3 words".

O trabalho soa como uma extenção do último cd do BEP, batidas pop/eletrônicas e conta até com os vocais (as vezes desnecessários) do Will em 3 faixas, só falta o resto dos integrantes e temo o Black Eyed peas com uma participação de Chery - ok, exagerei; mas de qualquer maneira a sonoridade é bem semelhante com uma ressalva: falta um pouco da malícia americana, o som é um pouco sem graça. Talvez pelo fato de se tratar de uma inglesa e como sabemos eles são sem sal mesmo.

As batidas eletrônicas estão presentes em quase todas as faixas, mas por incrivel que pareça os efeitos na voz são quase não são utilizados, deixando o som mais pop

O ponto alto do cd com certeza é a voz muito agradável e muito bem educada de Cheryl, ela se dá bem tanto nos graves como nas notas mais altas sem ser forçada nem precisar gritar. Toda suavidade da voz da cantora pode ser percebida na única faixa mais lenta do álbum entitulada "Don't Talk About This Love", a música nem é lá essas coisas e a produção é bem fraquinha, mas vale ouvir pela voz.

Foram lançados 3 Singles até agora, Fight for this love, 3 words e Parachute, as três são ótimas canções dentre as muitas outras com potencial dentro do álbum.

Destaque pra "Make me Cry" com a sua repetição absurda que fica na cabeça para o resto da vida e a gente ainda quem ouvir mais.

Apesar de não ser exatamente orginal, e da falta de pimenta da cantora, o álbum é muito bom e vem fazendo um merecido sucesso na Inglaterra.

Preço médio: R$29,00

sábado, 15 de maio de 2010

Kylie Minogue lança Single!


Kylie Minogue lançou o primeiro single de seu novo álbum "Aphodite", a música se chama "All the lovers". A faixa é bem característica da cantora, que já usava elementos eletrônicos em suas músicas antes de se tornar moda entre todos os artistas da face da terra, mas infelizmente como todos estão indo na mesma direção a música de Minogue se torna só mais uma no meio de tantas outras.

O single é envolvente, sexy, dá pra dançar sentindo a música, mas não é nada extraordinário, nem ousado. Kylie quis se manter na sua zona de conforto musicalmente falando.

A faixa vai estar disponível pra donwload a partir do dia 13 de junho, mas já dá pra ouvir aí em cima.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Eminem Volta às paradas direto em Primeiro

Depois de um tempo longe dos holofotes Eminem volta com novo Single, entitulado "Not Afraid". A faixa é no melhor estilo Hip-hop com as batidas marcantes e rimas agressivas bem típicas do Rapper, mas dessa vez uma coisa está diferente, a letra não fala mal de ninguém, e sim do próprio cantor, e pasmem, com otimismo; fala de superação e força. A faixa vai estar no novo álbum do rapper chamado "Recovery"

Outra novidade é Eminem "cantando" o refrão. Ok, ele não está virando cantor e deixando a rima de lado, mas essa parte da música é mais melodiosa e tem acompanhamento de backing vocals. Eminem não fez feio, mas também não virou nenhum Pararotti, é simplesmente diferente.

A música tem uma pegada muito boa e produção bem legal. ótima faixa de hip-hop. Não é a toa que estreou em primeiro lugar na parada de billboard (!).

Por falar na parada, ela continua meio parada mesmo, tirando o debut de Eminem em primeiro o restante continua bem parecido com as semanas anteriores; no top de albuns a banda de Metal The Oracle estrea seu álbum no topo.

Confere a parada da Billboad!

Hot 100 Singles

  1. Not Afraid - Eminem
  2. OMG - Usher feat. Will.I.Am
  3. Nothin' On You - B.o.B. Feat. Bruno Mars
  4. Break Your Heart - Taio Cruz feat. Ludacris
  5. Airplanes - B.o.B. feat. Eminem & Hayley Williams Of Paramore
  6. Rude Boy - Rihanna
  7. Hey, Soul Sister - Train
  8. Your Love Is My Drug - Ke$ha
  9. My First Kiss - 3OH!3 feat. Ke$ha
  10. Need You Now - Lady Antebellum
Hot 200 Álbuns
  1. The Oracle - Godsmack
  2. Need You Now - Lady Antebellum
  3. The Generous Mr. Lovewell - MercyMe
  4. Live At The Troubadour - Carole King & James Taylor
  5. My World 2.0 - Justin Bieber
  6. Diamond Eyes - Deftones
  7. Court Yard Hounds - Court Yard Hounds
  8. Iron Man 2 Soundtrack - AC/DC
  9. Pulse - Toni Braxton
  10. Raymond V Raymond - Usher

terça-feira, 11 de maio de 2010

Mais do mesmo, Katy Perry lança Single!

Era só o que faltava! Katy Perry está lançando um single novo e adivinhem...é dance! A música é até legal se não fosse a overdose da mesma coisa do mercado, e logo vindo de Katy que tinha a característica de um som mais cru com influências rock mas sem deixar de ser leve e pop; agora isso, é só mais uma cantando musica dance; é o efeito Lady Gaga.

A música se chama "Carlifornia Gurls" e tem a participação do rapper Snoopy Dogg, mas mesmo com o rap não tem nada de black na faixa, só elementos eletrônicos e o já batido efeito na voz.

A faixa vai estar no novo álbum da cantora que será lançado no verão americano.

Ok, Katy, você já foi mais original. Pra quem quiser ouvir, a faixa tá tocando no site oficial da cantora.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Quase acústica Sandy volta com "Manuscrito"

Depois de dois anos longe da mídia Sandy (agora sem Júnior) lança o seu primeiro disco solo entitulado "Manuscrito".

Neste trabalho Sandy mostra um pop adulto que flerta com o folk e pop/rock com uma interpretação mais intimista na voz suave da cantora, que por sinal é o ponto alto do trabalho. Todos nós já sabemos que Sandy canta muito bem, e depois de tantos anos de experiência, alguns erros e exageros durante a carreira parece que finalmente e bem na hora de sua ascensão solo descobriu o tom, voz leve e calma com ênfase nas letras.

Por falar em letras, esse é outro ponto positivo de "manuscrito", falam de relacionamento, digressões a respeito da vida, personalidade e por aí vai, são composições da própria Sandy.

Algumas canções tem um arranjo muito parecido, principalmente aquelas mais lentas, sempre um dedilhado de piano ou violão, meio acústico, depois são acrescentadas as bases de bateria(vide "ela/ele" e "Dias Iguais"); produção bem crua na maioria das faixas sem elementos eletrônicos e tem as bases bem simples de baixo, violão bateria as vezes piano e guitarra.
Destaque para as músicas mais animadas, que revelam um pop mais comercial como "Quem eu Sou" e a ótima "Tão Comum" que tem uns elementos meio funk (não é funk carioca não tá?) lembra o som de Lenine.

Numa ouvida geral "manuscrito" é um trabalho que ainda está se decidindo entre o MPB e o Pop, termina ficando pelo meio do caminho, mas o álbum tem a cara de Sandy, é bem o som que se esperava da cantora: aquela coisa mais adulta e levemente sem graça, diferente do pop chiclete que fazia com o irmão na adolescência e se aproximando mais do som
que foi mostrado no acústico MTV, que é bem mais maduro.

As vezes o cd é enfadonho e melancólico, é a trilha que combina com um fim de tarde de marasmo; mas com um pouco de paciência dá pra aproveitar a doçura da voz de Sandy que se casou mas continua aparentemente virgem (tá, parei)

O CD tem previsão de lançamento para o dia 12 de maio vai sair na edição simples e com um Dvd de um documentario sobre as gravações do CD.

Preço Médio: 19,90 CD simples
29,90 CD + DVD


quinta-feira, 6 de maio de 2010

Top 10 - Billboard

Nessa semana Usher conseguiu dar um pulo do seu sexto lugar direto pra primeiro com sua parceria com o rapper Will.I.Am, lider do Black Eyed Peas.

B.o.B. estreia seu álbum direto no topo. Olha o top 10 das paradas da Billboard!

H
ot 100 Singles

  1. OMG - Usher feat Will.I.Am
  2. Nothin' On You - B.o.B. Feat. Bruno Mars
  3. Rude Boy - Rihanna
  4. Break Your Heart - Taio Cruz feat. Ludacris
  5. Need You Now - Lady Antebellum
  6. Hey, Soul Sister - Train
  7. Airplanes - B.o.B. feat. Hayley Williams Of Paramore
  8. Your Love Is My Drug - Ke$ha
  9. In My Head - Jason Derulo
  10. Young Forever - Jay-Z feat. Mr. Hudson

Top 200 Álbuns

  1. B.o.B. Presents: The adventures of Bobby Ray
  2. Need You Now - Lady Antebellum
  3. Fever - Bullet For My Vilentine
  4. My World - Justin Bieber
  5. Iron Man 2 Soundtrack - AC/DC
  6. Raymond V Raymond - Usher
  7. Fearless Love - Melissa Etheridge
  8. Sparks Fly - Miranda Cosgrove
  9. Now 33 - Vários Artistas
  10. Glee: The music, The Power of Madonna - Soundtrack

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Enxurrada de clipes! vídeos das Girlicious e da Miley Cyrus

As pussyca... ops, Girlicious estão de volta com uma integrante a menos e musiquinha meia boca.

Maniac é o nome do single, uma pegada pop/dance/eletro extamente igual a tudo que todo mundo está fazendo com um pequeno diferencial, a falta de vergonha das meninas. Clipe bem apelativo, como de costume, pouca roupa, muita pele à mostra, coreografias insinuantes; todos os clichês de um vídeo denominado sexy.

Apesar do talento das integrantes, tanto pra dança quanto pro canto, as Girlicious ainda não passam de uma franquia barata das pussycat dolls. Pra quem não sabe os dois grupos foram formados pela mesma criadora, a coreógrafa Robin Antin, daí as semelhanças.

Dá uma olhada no vídeo...ou não.


Miley Cyrus também resolveu voltar à ativa e lançou um clipe pra o novo single "Can't Be Tamed". Num visual visivelmente inspirado em Beyoncé, a cantora parece querer se livrar de vez de sua imagem de musa teen e acabar com a associação ao personagem Hannah Montana.

No clipe Miley encarna um pássaro selvagem engaiolado, junto com seus bailarinos faz uma performance na jaula e nos corredores do lugar, o clipe tem uma produção muito legal e a aparência de Cyrus está bem diferemte do que estamos acostumados, agora ela é um mulherão insinuante sem ser vulgar.

A música é um pop bem legal e podemos notar que os vocais, mesmo modificados por efeitos, estão bem melhores que nos trabalhos anteriores.

Por este vídeo/música podemos ver uma mudança na cantora e pra melhor! ponto pra quase ex Hannah montana

Esse sim vale a pena ver, mesmo se você não gosta, olha pra ver como as coisas mudam.

terça-feira, 4 de maio de 2010

OMG! Mais um vídeo de Beyoncé!

"Why Don't You Love Me" - Beyoncé from Beyoncé on Vimeo.


Quem conhece a cantora sabe que ela é completamente Workaholic, e mais uma vez Beyoncé deixa isso bem claro lançando de surpresa, como presente para os fãs, o vídeo da música "Why Don't You Love Me?" que é uma bonus track do CD "I am..."

A música já é velha conhecida dos simpatizantes da cantora, já havia vazado a mais de um ano, e agora por algum motivo obscuro foi escolhida para o vídeo, na verdade a faixa é ótima e na minha humilde opinião bem superior às outras mais agitadas do álbum, mas infelizmente não tinha sido aproveitada na set list oficial...até agora. Será que vai haver outro relançamento do "I am..." ? Espero que não. Apesar de ser uma cantora muito talentosa e bem divulgada a imagem de Beyoncé está beirando o exagero da super exposição o que nos faz pensar: é mesmo necessário mais um vídeo em tão pouco tempo, depois de turnês, outros vários vídeos, singles, apresentações, premios e etc? Talvez precisamos de umas férias.

Digressões a parte, o clipe traz uma Beyoncé dos anos 50 no melhor estilo Pin up que a cantora encarna muito bem, uma dona de casa sexy e divertida, a animação da música e da cantora contrastam com a letra que fala de uma mulher desesperada por que seu amor não a ama e mostra todos os os seus atributos para dizer que é a melhor. A direção de arte é muito boa e casa muito bem com a fotografia do clipe que nos remete diretamente aos anos 50 pelo tratamento da imagem.

Destaque pra cena em que ela limpa os seus grammys na estante, muito bom!

Clipe desnecessário mas legal de ver, e a música vale a pena.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...