quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Rihanna mais sombria em "Rated R"

A cantora Rihanna vem mostrando um crescimento visível ao longo de sua carreira. Depois do sucesso estrondoso de "Umbrella", a morena de olhos verdes virou uma máquina de hits. O seu mais novo trabalho denominado "Rated R" é uma obra mais uniforme que seus álbuns anteriores, ainda flertando com rock e elementos eletrônicos o CD assume uma postura R&B/pop. A faixa "Fire Bomb" é um ótimo exemplo da mistura, guitarras mais agressivas mescladas com batidas mais black evoluindo pra um rock melancólico.

Outra característica bem marcante desse trabalho é o tom mais sombrio que a cantora assumiu, tanto no seu visual quanto nas suas canções. Mesmo permeando pelas influências o material é coeso, mostra uma certa unidade entre as faixas, diferente do "Good Girl Gone Bad" que soa como um samba do criolo doido de tantos estilos reunidos em um só lugar.

Os singles "Russian Roullete", "Hard" e "Wait Your Turn" exemplificam bem essa fase dark da cantora. Os vídeos tem uma estética bem obscura, figurinos no mínimo exóticos e bem insinuantes, pra deixar bem claro que a cantora cresceu, tem atitude e é fashinon (anhan, Cláudia, senta lá).

Como em todo bom álbum de R&B que se preze, tem as participações especiais, no caso de "Rated R" ficam por conta de Will.I.Am na faixa "Photografs" (boa música, lembra BEP e tem uma pegada bem mais pop que o restante do álbum); O rapper Jezzy no single Hard (boa canção com pegada hip-hop e as já conhecidas repetições de Rihanna " , na na na, so hard, so hard, so hard..."); e a mais inusitada, Slash em "Rockstar 101" (que não tem nada de rock, só riffs de guitarra mesclada com uma ótima batida R&B)

Um dos poucos problemas do álbum se deve à própria Rihanna que peca muito nos vocais com seu timbre anasalado demais deixando as músicas meio irritantes, mas claro que há suas exceções, como na já citada "Fire bomb" com vocais mais suaves menos impostados, consequentemente mais naturais, tom mais grave e segunda voz harmonizando muito bem. "Photografs" vai na mesma linha. Em G4L ela mostra um falsete muito bonito contrastando com o resto dos vocais da canção.

No final das contas "Rated R" é um bom trabalho com poucos deslizes (vide "Last song" chatíssima e valoriza demais o vocal ruim da cantora). O álbum merece uma boa ouvida, se você superar o fato de ser Rihanna cantando dá pra ouvir tudo numa boa e ainda achar legal (sim, é o que vocês estão pensando, não gosto muito dela, mas assumo que ela fez um bom trabalho)
Ouçam e dêem suas opiniões

Preço médio:
R$ 25,90

1 comentários:

Karlos disse...

Olhai, eu sabia que ia dar nisso :P tipo, se fosse o mesmo trabalho com outra voz seria perfeito neh =D kkkkkkkkkkkkkkkkkk tu fexa demais menine!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...