quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Wanessa Ex-Camargo mostra o seu momento

Wanessa Camargo deixou de lado seu pop água com açúcar que a gente estava acostumado e deixou também o sobrenome, agora é só Wanessa, ta?

A sonoridade do álbum “Meu Momento” está um pouco mais agressiva, com batidas mais adultas e sensuais cheio de influências urbanas e eletrônicas. Os vocais estão quase irreconhecíveis, cheios de efeitos e menos forçados. Outra característica marcante no álbum é um certo ‘estrangeirismo’, um ótimo exemplo disso é a primeira música de trabalho “Fly” (que também tem sua versão em português “Meu momento”), uma parceria inesperada com o raper americano Já Rule. A faixa flerta com o R&B contemporâneo, o resultado é muito bom. “Gosto tanto” segue essa mesma linha mas peca no seu refrão pobre e repetitivo que tira um pouco da energia da música.

“Desejos” vem com uma pegada mais Pop e um quê mais eletrônico, sombrio e voz completamente computadorizada, esta faixa também tem sua versão Remix no final do CD, pronta pra tocar na boate mas que, sinceramente, não faria muito sucesso por lá.

Outra demonstração da linha internacional do cd é “Não me leve a mal (let me live)” que mescla vocais em português e em inglês. Tirando esse detalhe irritante a música é uma ótima faixa pop/urban.

A baladinha “Sentido da minha vida” com suas baterias dos anos 80 é completamente dispensável, “Dono da noite” tem uma melodia fraca, mas produção e arranjos bons que salvam a faixa. A insuportável “máquina digital” é de longe a pior música de todo o CD, no estilo meio infantil, letra boba com gírias e expressões adolescentes, vocais fracos, enfim... se puder passe a faixa.

A qualidade do CD retoma o nível inicial com “vou propor” e “Perdeu”: melodia suave, batidas fortes, faixas bem produzidas e aproveitam os vocais de Wanessa.

“Te beijar” tem uma pegada mais black e tem a participação de Alexandre, vocalista do Natirus. Parceria improvável? Você ainda não viu nada.

“O que vem do Raggae é bom” é um reggaeton típico, ótimo pra dançar. “Como te quis” faz o estilo acústico com violões e percussão: chata.

A surpresa do Cd é a participação de vovó do rock Rita Lee, sim ela mesma, aquela que falava mal da Britney Spears agora está colaborando com a nossa versão brasileira de musa pop. Contraditório? de jeito nenhum (tô sendo irônico, ok?). Ah! O resultado da parceria não é dos melhores, soa como uma música da tia, com a voz da Wanessa e uma produção pop fraca, ou seja, ruim.

“Me leva” tem uma letra pra cima e é bem dançante.

No final das contas o Álbum mostra uma Wanessa que ainda está procurando o seu estilo, mas que está no caminho certo, mesmo com algumas escorregadas ao longo da jornada. Sinaliza também um ressurgimento do Pop nacional que andava meio apagado nos últimos tempos. Ainda falta um pouco de divulgação e performance da cantora, que adotou um visual mais rebelde. Vale a pena ouvir, até mesmo pra dar uma força ao que é nosso, mesmo que não seja tão original assim.



Preço médio: R$ 21,00

6 comentários:

Karlos disse...

Dizer que Wanessa eh a versão brasileira da Britney foi sua cagada nessa crítica digo logo ¬¬ Britney nao tah tao sufrida a esse ponto...talvez ela possa ser a Ashley Tisdale ou então a Demi Lovato brasileira, mais BRITNEY jamais!

Mattheus disse...

comparações a parte, o disco é curioso, se ela continuar nessa linha ela vai chegar lá! Pelo menos ela canta né?

Ultramegapop disse...

karlinhos, querido. eu naum comparei as duas naum, le essa parte com mais carinho

Hugo Rafael disse...

Pois é, também não entendi a do Carlinhos de dizer que você disse que Wanessa é Britney, oi? Amigo, adorei muito esse post. Você, de fato, pegou o jeito. =]

Deu vontade mesmo de seguir seu conselho e baixar pra ouvir. E o final do post ficou acidamente delicioso.

Parabéns, darling.
Te amo.

Xoxo,
Hugo Rafael.

Anônimo disse...

Ele quis dizer que Wanessa é tão mediocre cantora quanto Britney essas duas tem TUDO a ver!
Concordo com tudo que foi escrito.

Anônimo disse...

Wanessa é sim a Britney brasileira desafinada,não canta porra nenhuma e ambas aparecem mais pela vida pessoal do que pela música.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...