segunda-feira, 31 de agosto de 2009

A Volta de Whitney Houston! 'The Voice' is back? Nem tanto

Depois de 7 anos sem lançamentos inéditos a cantora Whitney Houston volta com seu novo álbum "I Look to You". A espera dos fãs foi reconpensada com um trabalho bem redondinho, porém nada surpreendente. O álbum conta com contribuições de grandes nomes da música como Alicia Keys e Akon. Quem esperava um trabalho cheio de agudos e notas alongadas vai se decepcionar, Whitney está mais contida em seus "gritos", seja pela limitação da sua voz atual, seja por pura opção por interpretações mais sóbrias, digamos assim.

O CD começa com o primeiro Single "Million Dollar Bill", música com pegada Disco meio 'motown', animadinha, é a coisa mais 'diferente' do álbum e já inicia com a cantora segurando uma nota e mostrando que apesar dos problemas a voz continua lá. Esta faixa foi escrita pela cantora Alicia Keys especialmente para Whitney Houston.

"Noting But Love" é mais pop e tem uns tons graves em certas partes que não valorizam muito os vocais da intérprete. Outra faixa com a pegada pop é "For the lovers", boa, sem muito destaque. "Call you tonight" é uma baladinha midi-tempo muito suave e ótima de ser ouvida.

A primeira grande Balada do CD, no melhor estilo 'Classic Whitney', é a faixa título "I look To you". Interpretação inpecável da Diva, mesmo economizando nas notas altas a cantora ainda mostra por que é inspiração para tantas outras.

A única participação especial fica por conta do cantor/produtor Akon na música "like I Never Left", esta faixa já havia vazado na internet a um tempo atrás, foi regravada com alguns vocais adicionais e incluída no álbum. Particularmente não gosto muito de Akon, mas a música resultou numa parceria harmoniosa que lembra as canções gravadas nos anos 90.

A regravação do clássico do soul "A Song for You" causa uma certa 'polêmica'. Esta música já foi interpretada por Whitney a tempos atras na forma tradicional e agora volta neste novo trabalho repaginada com direito a uma virada no tempo da canção tranformando num dance, que nem é dos melhores, mas num remix com batidas mais marcadas funcionará muito bem nas baladas. De qualquer maneira há quem diga que essa versão tira um pouco do ar romantico da canção mas a torna inegavelmente mais pop e aí está o 'dilema'. Escute as duas versões e tire as suas concluões, melhor mais pop e menos romantica ou tradicional com mais emoção? Você decide.

A compositora Dianne Warren, a mulher que mais amou e mais sofreu por amor no mundo, e que escreveu os maiores clássicos da música romântica/dor de cotovelo do mundo como por exemplos: Because You Loved Me - Celine Dion e Un-break my Heart - Toni Braxton, também deu a sua contribuição para o novo trabalho de Whitney, a música se chama "I didn't Know My Own Strength" e pelo título da canção você já imagina como ela deve ser, uma grande balada com letra emotiva e interpretação idem. Boa faixa, como esperado.

"Worth it" é uma das melhores canções do CD, R&B da melhor qualidade, daquele estilo pra sentar, fechar os olhos e curtir as batidas. (fãs da Whitney não vão gostar do comentário, mas...) O início da baladinha lembra o estilo da Mariah Carey, particularmente na música "Bye Bye", mas depois se diferencia, obviamente.

"I Got You" é outra produção de Akon, devidamente assinada com sua já conhecida vinheta no ínicio da música ('Konvicted'), inicia-se com uma introdução meio sombria, depois com uma virada de bateria que lembra um pouco raggae, é complementada com toques de violino e batida mais black.

O CD encerra com a ótima "Salute", R&B contemporâneo muito bom.

Whitney Houston está de volta com um trabalho de muito boa qualidade, mas que talvez não agrade a alguns que esperavam uma coisa mais revolucionária, ou com mais alarde. Bom som, boa voz, mas nada impressionante.

"I look tou You" ainda não tem data de lançamento aqui no Brasil, mas já pode ser ouvido na íntegra de graça no site oficial da cantora.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Troca-troca de singles - Mariah lança música nova

Mariah Carey cancelou a divulgaçao do seu último single “Obsessed” por conta do adiamento do lançamento do CD “Memoirs of a Imperfet Angel” e agora começa a trabalhar em uma nova música, uma regravação de “I Want to Know What Love Is” que já foi gravada por outros artistas.

A versão de Mariah é uma balada estilo musicão, com arranjos clássicos e coral no final, tudo isso somado ao agudo poderoso da cantora, que obviamente não foi dispensado nessa gravação. A canção lembra os clássicos da intérprete nos anos 90 e chega a ser um pouco clichê, é verdade, mas nada que diminua a força da faixa.

Essa retomada de estilo talvez seja uma tentativa de voltar ao passado e reconquistar a magnitude do sucesso que ela teve naquela época, e quem sabe conseguir o tão sonhado 19º single número 1. Pela qualidade da música as chances são boas.

Essa é a capa do CD que já foi divulgada no site oficial da cantora.

Ouve aqui a versão da Mariah e conta o que achou.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Cipe de "Run This Town" - Jay-Z e Cia.



"Run This Town" reafirma o Jay-Z como um dos maiores rappers da atualidade, a música vem fazendo um sucesso estrondoso em todo o mundo e tras um clipe a altura da faixa.

O Vídeo da um destaque maior a Rihanna que aparece na maior parte da produção, Jay-Z e Kanye West terminam se tornando meros coadijuvantes.

O clipe mostra um espécie de rebelião na qual os cantores são os líderes, não tem muita história mas a fotografia e a direção de arte são inpecaveis dando clima que a música pede. Vídeo muito bom.

Assite aí!

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Wanessa Ex-Camargo mostra o seu momento

Wanessa Camargo deixou de lado seu pop água com açúcar que a gente estava acostumado e deixou também o sobrenome, agora é só Wanessa, ta?

A sonoridade do álbum “Meu Momento” está um pouco mais agressiva, com batidas mais adultas e sensuais cheio de influências urbanas e eletrônicas. Os vocais estão quase irreconhecíveis, cheios de efeitos e menos forçados. Outra característica marcante no álbum é um certo ‘estrangeirismo’, um ótimo exemplo disso é a primeira música de trabalho “Fly” (que também tem sua versão em português “Meu momento”), uma parceria inesperada com o raper americano Já Rule. A faixa flerta com o R&B contemporâneo, o resultado é muito bom. “Gosto tanto” segue essa mesma linha mas peca no seu refrão pobre e repetitivo que tira um pouco da energia da música.

“Desejos” vem com uma pegada mais Pop e um quê mais eletrônico, sombrio e voz completamente computadorizada, esta faixa também tem sua versão Remix no final do CD, pronta pra tocar na boate mas que, sinceramente, não faria muito sucesso por lá.

Outra demonstração da linha internacional do cd é “Não me leve a mal (let me live)” que mescla vocais em português e em inglês. Tirando esse detalhe irritante a música é uma ótima faixa pop/urban.

A baladinha “Sentido da minha vida” com suas baterias dos anos 80 é completamente dispensável, “Dono da noite” tem uma melodia fraca, mas produção e arranjos bons que salvam a faixa. A insuportável “máquina digital” é de longe a pior música de todo o CD, no estilo meio infantil, letra boba com gírias e expressões adolescentes, vocais fracos, enfim... se puder passe a faixa.

A qualidade do CD retoma o nível inicial com “vou propor” e “Perdeu”: melodia suave, batidas fortes, faixas bem produzidas e aproveitam os vocais de Wanessa.

“Te beijar” tem uma pegada mais black e tem a participação de Alexandre, vocalista do Natirus. Parceria improvável? Você ainda não viu nada.

“O que vem do Raggae é bom” é um reggaeton típico, ótimo pra dançar. “Como te quis” faz o estilo acústico com violões e percussão: chata.

A surpresa do Cd é a participação de vovó do rock Rita Lee, sim ela mesma, aquela que falava mal da Britney Spears agora está colaborando com a nossa versão brasileira de musa pop. Contraditório? de jeito nenhum (tô sendo irônico, ok?). Ah! O resultado da parceria não é dos melhores, soa como uma música da tia, com a voz da Wanessa e uma produção pop fraca, ou seja, ruim.

“Me leva” tem uma letra pra cima e é bem dançante.

No final das contas o Álbum mostra uma Wanessa que ainda está procurando o seu estilo, mas que está no caminho certo, mesmo com algumas escorregadas ao longo da jornada. Sinaliza também um ressurgimento do Pop nacional que andava meio apagado nos últimos tempos. Ainda falta um pouco de divulgação e performance da cantora, que adotou um visual mais rebelde. Vale a pena ouvir, até mesmo pra dar uma força ao que é nosso, mesmo que não seja tão original assim.



Preço médio: R$ 21,00

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Desculpas

Por motivos técnincos e de ordem superior, astral e conspiradora o blog não está sendo atualizado constantemente.

Quero pedir descupas a vocês leitores e me comprometer a atualizá-lo com ao menos uma critica por semana.

Estou trabalhando em novidades para o site, com colaboraçoes de amigos.

Em breve novo post.

mais uma vez, desculpem e não deixem de acompanhar o blog!

Boo

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Manos al Aire! Nelly Furtado está de volta

A cantora Nelly Furtado deixou sua fase 'cachorrona' e volta com seu novo single "Manos al Aire". A música estará no primeiro álbum em espanhol da cantora entitulado "Mi Plan".

A canção tem uma pegada mais leve do que os últimos trabalhos de Nelly, remete mais ao começo de sua carreira, um Pop mais folk mas que não deixa de ser comercial. A Canadense aprendeu que o seu foco está na música e não no seu corpo, pelo menos é o que parece no seu clipe.

O vídeo para o primeiro single mostra Nelly discutindo com seu namorado, vai embora, joga tudo fora, depois volta com o rabinho entre as pernas pedindo penico...que bonito não é, minha gente?

A música é legal, o clipe idem; talvez não seja o sucesso estrondoso como o do CD "loose", mas pelo menos a visual e a sonoridade não parecem forçados. É a velha Nelly Furtado de "like a bird" de volta mas dessa vez um pouco mais bonita (pelo menos a fase popozuda deixou algo bom).

Deixando claro aqui que o último trabalho da cantora não é ruim, muito pelo contrário, mas convenhamos que aquela imagem não combinava com Nelly e com o discurso que tinha assim que apareceu na mídia: de não ligar pra aparência e essas coisas.

De qualquer maneira, ela voltou, e continua fazendo música boa. Assite aí!


terça-feira, 11 de agosto de 2009

A loba Shakira se quebra toda em seu novo vídeo



A música "She wolf" ganhou sua versão em vídeo e mostra que Shakira andou praticando suas habilidades na dança. A flexibilidade da cantora aumentou visivelmente e é o ponto alto do clipe que não tem muitos outros atrativos, além das curvas da intérprete.

O clipe mostra Shakira dançando numa caverna, numa jaula, em cima do telhado...
Detalhe, na cena do telhado ela está parecida com Joelma do Calypso (e isso não é um elogio).
As referências à loba aparecem diluídas ao longo dos 3min e 50 segs de produção, mas não são tão exploradas quanto os movimentos do corpo da cantora.

O vídeo não deixa a música melhor, mas pelo menos tem um visual que empolga e faz a gente aguentar até o final sem mudar de canal ou dar um 'stop' no player do computador.

O clipe também tem a sua versão em espanhol 'Loba' que é exatamente igual a em inglês.

confere aí!

sábado, 1 de agosto de 2009

A volta dos que não foram! novo singe dos Backstreet boys

"Straight through my Heart" é o nome da nova música dos meninos da rua de trás. O single é um pouco diferente do que a gente está acostumado a ouvir dos garotos (que já sao homens na verdade) tem uma sonoridade Dance, como tudo quem tem sido lançado ultimamente, lembra muito o som da Lady Gaga, apesar dos proprios negarem essa influência.


Os Backstreet boys fizeram muito sucesso como quinteto nos anos 90, mas com a saída de kevin a uns anos atras a banda caiu um pouco no esquecimento. Tentou inovar no estilo cantando um pop/rock romântico e agora se reinventa caindo na mesmisse sonora atual: eletropop, dance etc.


Vamos aguardar as outras faixas do CD pra ver como anda o estilo BSB na real. Se você ficou curioso é só pesquisar um pouco e vai descobrir algumas faixas que já vazaram na internet.


Assim que o cd for lançado a gente comenta aqui no blog.

Celebration da Madonna! vamos celebrar com a tia?

Madonna deixou sua fase "gangsta rap yo! eu sou negona" e voltou pra a dance music em sua nova música "Celebration".

No melhor estilo "Confessions On a Dancefloor" a faixa tem uma pegada muito dançante e aquela melodia que gruda na cabeça para todo o sempre. Muito boa, já vem pronta pra tocar na balada e muito provavelmente será sucesso, já que tem todos os elementos das músicas classicas da rainha do pop.
"Celebration" estará na coletânia composta por dois cds que será lançada pela diva no final de setembro, seu último trabalho pela gravadora Warner.

As fotos da capa do single foram tiradas durante a passagem de Madonna pelo Brasil, foi nessa sessao que ela conheceu jesus (digam amém, irmãos!)

faz o download da música ali em cima e me diz o que achou!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...