sábado, 20 de junho de 2009

Corram!! É a dominação das bonecas!


Entrando na onda de Beyoncé, Rihanna, Chis Brown e tantos outros, de lançar o mesmo álbum inúmeras vezes para alavancar as vendas, as Pussycat dolls lançam o seu Doll Domination 2.0.

Trata-se de uma versão mais enxuta do álbum original que já tinha sido relançado em versão Deluxe com faixas solos de cada integrante (pasmem!), mas que nem assim ajudou nas vendas que continuaram a cair single após single.

O Doll Domintation 2.0 veio na onda oportunista de regravar às pressas uma versão da trilha sonora do filme ganhador do Oscar “Quem quer ser um milionário?” chamada “Jai Ho (You Are My Destiny)”. A estratégia até que deu certo e o resultado é uma ótima musica pop com influencias indianas que ficou sendo o primeiro single do relançamento.

O CD segue com as já conhecidas pelo público “When I Grow Up”, “Bottle pop” e o único single que se deu realmente bem da versão anterior “I Hate This Part". O álbum conta ainda com outras faixas remanescentes do último trabalho: a chatíssima “Halo”; “Takin' Over The World”, ótima música que conta com os raros vocais de Melody numa pegada mais Urban e que a meu ver merece ser lançada; e “I’m done”...comentario? ZZZZZZzzzzzzzZZZZZzzzzzz

Hush, Hush; Hush Hush” é o lançamento mais recente, a faixa não é exatamente nova, mas passou por uma repaginada, foram adicionadas batidas up-tempo a partir do refrão, ganhou também os vocais e samples do clássico dos anos 70 “I will survive” de Gloria Gaynor. Música muito legal, boa pra dançar e ouvir, o sample garante que você se identifique com a música mesmo sem conhecer a princípio.

A parte realmente inédita do cd ficam por conta das músicas “Top of the world” (pop dançante que lembra o auge desse estilo nos anos 90); “Painted Windows” com suas batidas eletro dance meio Lady Gaga, porém que não chega a ser tão boa quanto as da cantora.

No final das contas o relançamento ganha um novo fôlego com o corte das faixas e o acréscimo dessas poucas. O álbum ficou mais dançante, com mais Hits e mais curto. A pegada ficou mais POP e animada. Agora até vale a pena comprar pra dançar um pouco e ouvir Nicole “cantar” e as outras fazerem “uhh, aaaah, lalala”.


No Brasil não foi lançada a versão deluxe com cd bônus dos solos, o Doll Domination 2.0, chega com o nome de “Doll domination: New edition” e simplesmente foram acrescentadas as faixas, cortadas pouquíssimas e o cd termina com 19 músicas. Desnecessário e cansativo.

Preço médio
R$ 27,00

Falar mal da Nicole? Ama Pussycat dolls? Num sabe nem o que elas “cantam”, comenta aqui!

3 comentários:

Wallace Gael disse...

Ainn... amo Jai Ho!! Na realidade eu nao sei pq elas floparam, pq o CD é muito bom... E em relaçao aos relaçamentos, ng bate o recorde de Rihanna, o CD dela vem sendo relançado desde a Pangéia!!!

Karlos disse...

Nicole ''cantar'' foi ótimo :P aokssakosakosaokasko a linha dos que alfinetam a NiFLOP Scherzinger xP adoooooooooooooooro! textinho mara adorei a critica, tu fexa demais ok?

Caleidoscópio disse...

Essa onda de relançar o mesmo CD diversas vezes deixa tudo um tanto cansativo, não? Afinal, ao invés de criar mais fica sempre mais do mesmo...
Não escutei o CD, mas detesto I hate this part... Triste! Gosto de When I grow up=)

Te amo!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...